Além de cuidar dos olhos, com atendimento de qualidade e equipe especializada, o Instituto de Olhos Fernando Ventura também se preocupada com sustentabilidade, questões sociais, boas práticas e com o desenvolvimento e a preservação das localidades onde está instalada. Para isso, investe em automação para reduzir o uso de papel e em projetos que possibilitam aproveitamento da luz natural e melhor conforto térmico para diminuir o consumo de energia elétrica.

Nosso propósito como grupo é evoluir respeitando os aspectos ambientais, sociais e de governança - conceitos trazidos pelo ASG, tradução do termo em inglês ESG (Environmental, Social and Governance). Entre as ações realizadas está a valorização do esporte, com o patrocínio a grupo de futebol de salão sub 11 do Náutico, e a adoção das praças Ageu Magalhães e Octávio de Freitas, localizadas no bairro do Derby, em frente ao Memorial de Medicina. Ambas fazem parte do projeto de paisagismo de Roberto Burle Max e são tombadas como Jardim Histórico pelo Iphan desde 2015.

Sobre o bairro do Derby

O Derby é um bairro histórico do Recife, localizado no coração da cidade. Ele nasceu em 1888, a partir da construção de uma pista de corridas de cavalo, comandada pela Sociedade Hípica Derby Club – que funcionou por dez anos, de 1888 a 1898. Quando o hipismo parou de ser realizado, o coronel Delmiro Gouveia comprou a região, construindo o Mercado Modelo Coelho Cintra - o melhor mercado público do país na época - e o Hotel Internacional do Derby – luxuoso e imponente, voltado para a aristocracia. Essas construções elevaram e transformaram a região no final do século XIX. Em 1900, o Mercado Modelo foi destruído em um incêndio causado pela polícia e o coronel Delmiro hipotecou o prédio – que abriga, desde 1924 até hoje, o Quartel da Polícia Militar em Pernambuco.

Na década de 30, o Cine-Teatro passou a funcionar no bairro, iniciando a época de divulgação da arte e da cultura na cidade do Recife, com a realização de peças teatrais, programas de auditório e exibição de filmes. Em 1938, foi inaugurada a Casa do Estudante de Pernambuco, que durante 60 anos abrigou estudantes de várias regiões do Nordeste. Em 1958, a Faculdade de Medicina passou a funcionar no casarão construído às margens do rio Capibaribe, onde hoje funciona o Memorial de Medicina de Pernambuco, em frente à Praça Octávio de Freitas.

Uma grande atração do bairro é a Praça do Derby, construída entre 1924 e 1926 e projetada por Burle Marx. O espaço, até hoje, abriga eventos, feiras, atividades de lazer e foi lar por muitos anos de um peixe-boi, que atraiu muitos espectadores. A praça também foi local de vários casarões residenciais da nobreza do século passado. Com o passar dos anos, devido à sua localização central, tamanho e acessibilidade, o Derby virou predominantemente empresarial, com diversos empreendimentos, edifícios e consultórios, se tornando um dos principais bairros empresariais do Recife.

Fale agora Ligue Agora